Ouça “A Different World”, nova música do Korn com participação de Corey Taylor

September 29, 2016 in Corey Taylor by Natália

“The Serenity Of Suffering”, novo álbum do Korn, tem a data de lançamento prevista para o dia 21 de outubro e já está em pré venda no iTunes, Google Play e Amazon.

“Sleeping Dogs”: assista a colaboração de Corey Taylor com Zakk Wylde

August 22, 2016 in Corey Taylor by Natália

zakkwyldesleepingdogsvidpremierecorey

Zakk Wylde (Black Label Society e Ozzy Osbourne) acaba de lançar um novo vídeo de “Sleeping Dogs”, que conta com a participação de Corey Taylor. A música faz parte do álbum “Book of Shadows II”, que foi lançado em abril pela eOne Music:

Perguntado porque ele não aparece na primeira versão da música que foi lançada nas rádio, Corey respondeu à WRIF:

“Foi estranho. Porque eles queriam usar como single, mas minha gravadora estava preocupada porque eles não queriam que isso entrasse em conflito com uma das minhas músicas. A política é tão idiota cara. Eu falei ‘Vamos lá! É uma música foda!’. Se não fosse, eu não teria feito, especialmente sendo amigo de Zakk. Então eles tiveram que dar uma segurada. Eles fizeram uma versão sem mim, que foi a que o Zakk me enviou e ele queria que eu cantasse. Mas de qualquer forma, ficou ótimo, é uma música incrível. E representa tudo no Zakk que você ama, tem aquela vibe meio Allman Brothers e ele está tocando como um louco. E ele é um ótimo cantor também então foi muito bom participar disso.”

Foto: Iheart.com

Foto: Iheart.com

Corey também falou sobre a colaboração com Zaak em outra entrevista, com a WZOR:

“É algo que a gente vem planejando por algum tempo. Nós somos amigos faz tempo, desde 2001 e com o passar dos anos nós passamos por coisas bem sérias, mas superamos e tudo ficou cada vez melhor. Então quando ele me ligou e disse que queria que eu participasse de uma música eu aceitei, porque sempre quis fazer com ele. Eu amo o jeito que ele toca, amo o fato de ele ter um pé naquele metal e o outro naquele rock sulista. Esse é o tipo de coisa que eu cresci ouvindo e foi perfeito. A música era muito boa e algo que eu nunca havia feito antes e é por isso que eu gosto de fazer esse tipo de coisa que é diferente do que as pessoas esperam de mim. É a razão porque eu faco essas participações especiais, porque é diferente. Além disso, é o Zakk, então foi divertido.”

“Book of Shadows II”, o primeiro trabalho solo de Zakk em 20 anos, é a continuação do clássico “Book of Shadows” de 1996, lançado entre seu trabalho com o Ozzy Osbourne e que se tornou um favorito dos fãs.

Fonte: Blabbermouth

Korn: Novo álbum terá participação de Corey Taylor

July 13, 2016 in Corey Taylor by Natália

508191808_640

Em entrevista à Metal Hamer, o guitarrista do Korn, James Munky, confirmou a participação de Corey Taylor no novo álbum da banda.

“Nós temos Corey cantando em uma faixa e vai ser a favorita dos fãs porque ele realmente arrebenta. Em uma escala de peso de 1 a 10, sendo 10 nosso álbum “Korn” de 1994, essa música é definitivamente um 9.”

Atualmente, o Korn está em turnê com Rob Zombie e o novo álbum ainda não tem data de lançamento definida.

Fonte: Loudwire

Comunicado: Corey Taylor passa por cirurgia e turnê americana será adiada.

June 3, 2016 in Corey Taylor by Natália

13350508_1281617688534834_1202955703917550454_o

Em uma postagem feita hoje, 03/06, em sua página oficial, Corey Taylor fez um comunicado para avisar aos fãs que as primeiras datas da turnê americana serão remarcadas, devido a uma cirurgia que ele precisou fazer na coluna.

Confira o anúncio:

É com pesar que venho mandar essa mensagem aos fãs para informá-los que nós vamos adiar as duas primeiras semanas da nossa turnê nos Estados Unidos. Infelizmente precisei passar por uma cirurgia de ultima hora na coluna. Estou me recuperando bem e deu tudo certo! Preciso de um pouco de tempo para me recuperar antes de voltar aos palcos.

A turnê vai começar em Nashville dia 28/06 e continuar conforme o planejado. Um anúncio será feito nos próximos dias sobre as datas que foram remarcadas.

Espero que vocês entendam e obrigado por pelo apoio de sempre!

– Corey

Qualquer atualização disponibilizada pela banda será repassada por aqui e no nosso Facebook/Twitter.

“Eu te Odeio!” – Pré venda aberta

May 6, 2016 in Corey Taylor by Natália

livro

“Eu te Odeio!”, terceiro livro de Corey Taylor, já está com a pré venda aberta nas seguintes lojas:

Saraiva
Amazon
Travessa

(Confira o Release aqui.)

O lançamento está previsto para o dia 20/05 pela Editora Planeta.

Lançamento: terceiro livro de Corey Taylor ganha versão em Português

March 23, 2016 in Corey Taylor, Eu Te Odeio, Livros, You're Making Me Hate You by Natália

Eu te odeio

Com lançamento marcado para abril, a versão em Português do terceiro livro de Corey Taylor, “You’re Making Me Hate You”, chega ao Brasil pela Editora Planeta.

“Eu te Odeio!” é a visão inflexível da mente de Corey Taylor e que não poupa ninguém de seu olhar fervente. Não se engane: ele não é alguém que cumprimenta as pessoas na fila do café. Este não é o tipo de cara que beija bebês e tira fotos com sua mãe, deixando uma mensagem de voz para um parente distante. Este é Corey Motherfucking Taylor! Este é o cara que veste uma máscara diabólica e fica a frente de uma multidão, enquanto sua banda faz o rock mais pesado que se conhece. Sem dúvida, esse é som das portas do inferno.

A partir de acontecimentos cotidianos da vida moderna e pós-moderna como Realitys shows de TV, músicas ruins, motoristas terríveis, campanhas de marketing bizarras em aeroportos, reuniões de família hipócritas, escolhas de moda ruins, religiões corruptas, as crianças monstruosas de outras pessoas e o péssimo comportamento de alguns “adultos” o autor demonstra toda a sua indignação, reprovação e falta de fé na raça humana. Eu te Odeio alfineta, de maneira hilária e ácida, os piores aspectos do comportamento de uma maneira que só alguém que produz o som mais infernal de todos os tempos e arrasta multidões com isso poderia fazê-lo.

Release: Editora Planeta
Twitter
Facebook

Informações sobre vendas em breve.

Corey Taylor: “Talvez eu me afaste do Slipknot em algum ponto”

February 24, 2016 in Banda, Corey Taylor by Natália

coreytaylorslipknot2016moscow_638

Durante uma participação no podcast “Someone Who Isn’t Me”, com Daniel Carter da BBC, Corey foi perguntado se ele acha que um dia vai se cansar de fazer turnês.

“Sabe, se você me perguntasse isso ano passado eu diria que não, mas… eu estou começando a ficar cansado. Tenho 42 anos, não sou mais jovem e estou cansado cara. Me sinto com 60 anos no Slipknot, pelo amor de Deus. Eu não sei se me aposentaria, mas talvez eu me afaste do Slipknot em algum ponto, a forma como a música é e aquela energia, não sei se conseguiria fazer isso com cinquenta anos de idade. E eu nunca ficaria na banda se achasse que estou atrasando todo mundo só porque não aguento mais, fisicamente, estar ali. Então isso significa que eu não abandonaria a música no geral, provavelmente só me afastaria do Slipknot”.

Corey também falou sobre a evolução musica do Slipknot nos álbuns futuros e como a banda pretende progredir nos próximos anos:

“É algo que eu tenho conversado com o Clown, isso de saber pra onde a banda vai. Porque a gente fez umas coisas loucas, mas em algum ponto a gente vai ter que evoluir mais, porque é o que a gente faz a cada álbum. Chega uma hora que tem que ter outro significado além da insanidade. Vai ser algo interessante de se ver, acho que no futuro vamos fazer algo mais puxado para criatividade do que para a loucura, porque temos pessoas muito criativas nessa banda, a gente poderia fazer 12 álbuns só de coisas extremamente pesadas, mas nunca se sabe”.

O podcast pode ser ouvido na íntegra aqui: www.acast.com/someonewhoisntme/episode2-coreytaylor?autoplay

Fonte: Blabbermouth

Entrevista: Corey Taylor para a Rocks Verige (Suécia)

February 4, 2016 in Banda, Corey Taylor, Slipknot 2016 by Natália

Quando você compõe as músicas, eu estive pensando nisso, você sabe que é para o Slipknot ou para o Stone Sour?

Sim, com certeza. Às vezes eu estou compondo uma coisa e muita gente acha que é para uma das bandas e na verdade é para a outra. Pra mim é sempre muito claro para o que estou escrevendo e tem coisas que eu faço que não combina com nenhuma das bandas. Mas depois de tanto tempo conhecendo todo mundo na banda e sabendo como eles podem contribuir ou melhorar algo, você acaba tendo um senso musical e estrutural de como pode melhorar com cada banda. Então para mim ainda é uma aventura compor, porque você sabe que o que faz vai ficar diferente no final, mas a duas bandas são muito versáteis e você nunca sabe o que esperar sobre isso, mas eu sempre tenho uma boa noção de onde colocar cada coisa.

E você está guardando essas músicas que não se encaixam em nenhuma das bandas?

Eu não sei, as pessoas me perguntam sobre trabalhos solo e isso é um bom problema pra se ter, mas ao mesmo tempo eu estou em duas bandas fantásticas então porque eu iria querer mais? A não ser que eu queira ser super ganancioso, porque eu tentaria me dividir e faze outra coisa? Eu sou muito satisfeito com a música que posso fazer com ambas as bandas, então pode rolar um álbum solo? Sim, mas apenas daqui alguns anos.

 

E você também não tem muito tempo, mas você faz muitas participações especiais com muitos artistas diferentes.

Sim, então eu consigo fazer isso de qualquer forma, tenho duas participações para fazer, que não vou citar nomes, mas é ainda mais diferente do que eu já fiz antes e musicalmente e artisticamente é isso que me atrai, fazer coisas que normalmente você não ouviria com nenhuma das duas bandas, como Apocalyptica ou Tech Nine, são coisas tão diferentes e que ainda assim me atraem. É isso que eu procuro, porque eu recuso muita coisa e só faço aquilo que me interessa muito.

Tem mais alguém na sua lista de pessoas que você gostaria de trabalhar?

Ah sim, tem muita gente. Desde Trent Reznor (Nine Inch Nails), eu adoraria trabalhar com ele, até Eminem, eu estava pensando isso outro dia e adoraria fazer algo com ele e trocar umas ideias porque eu adoro o jeito que ele compõe, que ele flui, sua atitude e a emoção que ele tem. Isso me atrai muito e gostaria de trabalhar com ele, pode acontecer? Provavelmente não, mas é um sonho, eu nunca pensei que trabalharia com Dave (Grohl – Foo Fighters) então nunca se sabe.

Acho que os Europeus estão sonhando com algo também, vocês acabaram de tocar no México com o Knotfest que é um enorme sucesso, vocês pensam em trazer o festival para a Europa?

Sim, é algo que já pensamos, mas não é tão simples fazer isso acontecer, principalmente para nós, com essa banda nós prezamos muito o respeito que temos com todos os festivais que tem aqui e nos deram a chance construir uma carreira trabalhando com eles, então a última coisa que a gente quer é vir aqui e pisar em alguém. Então se a gente achar uma forma de fazer isso dar certo, com certeza faremos, mas ao mesmo tempo você não quer ser o cara que chega e estraga a festa porque acaba sendo menos sobre os fãs e mais sobre você e o Knotfest não é sobre isso, é sobre trazer uma experiência para os fãs. Então nós adoraríamos fazer isso, mas tem que ser de uma forma que respeite todas as pessoas que já trabalharam com a gente.

E quando nós o veremos de novo por aqui? O que vocês têm planejado?

É uma boa pergunta, eu não faço ideia pra falar a verdade, vamos ficar por aqui por um mês e depois tirar uns meses de férias e tocar pelos Estados Unidos, nós podemos voltar pra cá, não tenho muita certeza quando, mas vamos passar o resto do ano planejando o Knotfest nos lugares em que conseguimos nos firmar, Estados Unidos, Japão, México provavelmente de novo e tentar fazer algo com o Knotfest em outros lugares, outros países foram mencionados e de novo, estamos tentando fazer isso com muito respeito então se isso acontecer a gente pode contar pra todos.

Informações sobre o show do Slipknot na Suécia: http://goo.gl/6NyE5R

Página 1 de 2112345...1020...Última »