Mick: “.5: The Gray Chapter teve um processo criativo estranho”

January 15, 2015 in .5: The Gray Chapter, James Root, Joey Jordison, Mick Thomson, Paul Gray

jim mickk slipknot

Com os desfalques do baixista Paul Gray e do baterista Joey Jordison, muito se perguntava de como seria o processo criativo do Slipknot sem dois de seus membros fundadores. Como esperado, a produção de .5: The Gray Chapter foi diferente de seus antecessores e, segundo o guitarrista Mick Thomson, pitoresco.”Este disco teve um processo criativo estranho. Chegamos no estúdio mais cedo que planejamos. Jim e Corey tinham muitas demos e outras coisas acabaram surgindo no estúdio”, disse ao MusicRadar.

Não foi nem necessário ter uma jam com todos na mesma sala como inicialmente esperado – e como acontecia nos dois primeiros álbuns, escritos num porão. “Agora temos configurações idênticas de Pro Tools em nossos computadores e podemos trabalhar em material enquanto estamos em turnê”, explicou Mick. Tudo isso permite que a banda tenha músicas sendo feitas muito antes de irem ao estúdio.

Read the rest of this entry →

Mick: “Espero que a próxima geração de guitarristas seja incrível”

January 7, 2015 in .5: The Gray Chapter, Mick Thomson

mick

Como a internet afetará a nova geração de músicos? Para Mick Thomson, a rede mundial de computadores só trará benefícios neste quesito. Em entrevista ao MusicRadar, o guitarrista do Slipknot falou sobre sua visão do assunto e não escondeu a empolgação. “Tenho certeza que veremos bandas novas que farão o Dream Theater parecer tecnicamente blasé”, opinou. Para ele, os novos artistas possuem todo o conhecimento coletivo no alcance de seus dedos. “A internet fez com que se tornar um músico fosse muito mais fácil, então espero que a próxima geração de guitarristas seja incrível”, continuou.

Mick ainda relembrou de seus primeiros dias como guitarrista, nos quais ele era leitor assíduo da Guitar World. “Eu ficava lendo e tentando entender as coisas. Eu era um garoto de quinze anos e queria saber todas as coisas possíveis”, contou. A boa notícia, segundo ele, é o fato da internet permitir que se aprenda muito mais do que em sua adolescência.

Read the rest of this entry →

Slipknot: Audiobiography legendada

November 4, 2014 in .5: The Gray Chapter, All Hope is Gone, Banda, Chris Fehn, Corey Taylor, Iowa, James Root, Mick Thomson, Paul Gray, Self Titled, Sid Wilson, Slipknot, Vol. 3: (The Subliminal Verses)

clown

No dia do lançamento mundial de seu mais novo álbum, o .5: The Gray Chapter, no dia 21 de outubro, o Slipknot, em parceria com o Google Play, presentou seus fãs com um vídeo intitulado Audiobiography onde a banda conta, álbum por álbum, como foi construída toda a carreira que culminou no quinto álbum, número 1 de vendas. Em depoimentos bem sinceros, Corey Taylor, James Root, Mick Thomson, Chris Fehn, Michael Shawn “Clown” Crahan e Sid Wilson (numa participação especial), contam, dos seus pontos de vista, tudo que envolveu os álbuns Slipknot (1999),  IOWA (2001), Vol. 3: (The Subliminal Verses) (2004), All Hope Is Gone (2008) e o .5: The Gray Chapter (2014).

Legendas exclusivas feitas pelo pessoal da Slipknot –  Vídeos, no Facebook. Confiram:

Parte 1: Slipknot (1999)

Read the rest of this entry →

Mick Thomson sobre o novo baterista: “Ele cresceu com a banda”

October 17, 2014 in .5: The Gray Chapter, Banda, James Root, Joey Jordison, Knotfest, Knotfest 2014, Mick Thomson, Prepare For Hell Tour, Soundwave 2015

10719322_730979450316832_514797783_n - Cópia

O guitarrista do Slipknot, Mick Thomson, disse que o baterista substituto do membro fundador da banda, Joey Jordison, “cresceu com” a música da banda e “sabia todo o material” antes de entrar e se juntar ao grupo durante as sessões de composição do álbum .5: The Gray Chapter.

“Nós meio que sabíamos quem queríamos [que tocasse bateria no novo álbum] desde o início, e pegamos ele”, disse Mick , em entrevista para a revista Guitar World. “Sabíamos desde o começo que não íamos ter qualquer problema com ele. Nós tivemos sorte, eu acho. Ele sabia todo o [antigo] material. Ele cresceu com a banda. Isso fez com que as coisas ficassem mais fáceis.”

Read the rest of this entry →

IOWA: 13 anos assombrando o mundo

August 29, 2014 in Banda, Chris Fehn, Corey Taylor, Iowa, James Root, Joey Jordison, Mick Thomson, Paul Gray, Shawn Crahan, Sid Wilson, Vol. 3

Slipknot Iowa album cover artwork Terrorizer

Com o Slipknot se preparando para lançar o seu novo álbum altamente antecipado, 5: The Gray Chapter , a Revolver volta no tempo das fabricações de cada um dos álbuns anteriores dos maníacos mascarados. Aqui, os membros da banda que tocaram no IOWA de 2001 – inclusive o falecido baixista Paul Gray e o ex-baterista Joey Jordison – damos uma olhada no passado do então atual clássico, que inclui canções como People = Shit, Disasterpiece, e Left Behind. A matéria foi publicada originalmente em nossa edição especial “Book of Slipknot” de 2011.

Depois de uma turnê de dois divulgando seu álbum de estreia na Roadrunner, o Slipknot volta ao estúdio com o produtor Ross Robinson para gravar seu álbum seguinte, ansiosamente aguardado. De imediato, ânimos exaltados. Felizmente, os membros da banda foram capazes de canalizar a sua animosidade em sua música, criando um álbum mais extremo ainda. Canções como “Disasterpiece”, “People = Shit” e “The Heretic Anthem” clamam muito mais por um death metal do que a moda de angústia do nu-metal. A última faixa, “Iowa”, enquanto isso, ataca de outra forma: um número psicodélico, escuro, cheio de diálogos dignos de um assassino em série, zumbidos, suspiros enervantes, gritos, e as coisas que vão colidir na noite, ela coloca o medidor do assustador no vermelho .

MONTE CONNER (então chefe DO setor de artistas e repertório da Roadrunner) – Todo mundo achava que eles iam fazer um álbum covarde e tornar-se mainstream. Eles fizeram um disco que foi substancialmente mais pesado. Quando eu ouvi pela primeira vez, eu adorei, mas como um cara de etiqueta eu pensei: “O que vamos fazer com isso?”

Read the rest of this entry →

Corey Taylor: “O novo álbum do Slipknot será gravado em 2015”

February 8, 2013 in Banda, Corey Taylor, Novo álbum 2013

Corey deu uma entrevista a Pulse of The Radio durante a turnê do Stone Sour e falou sobre o próximo álbum do Slipknot:

“Quero começar a montar as demos no fim de 2014 para entrar em estúdio em 2015 e começar a gravar o álbum, então vai demorar um pouco”.

Ele também comentou sobre os 5 festivais internacionais que a banda vai fazer esse ano e que alguns integrantes da banda estão tentando “se manter saudáveis”, mas não deu mais detalhes sobre isso.

A banda toca no Download Festival no Reino Unido (Headliners junto com Rammstein e Iron Maiden), além do Graspop Metal Meeting (Bélgica), Roskilde Festival (Dinamarca), Ozzfest Japão e Metal Town (Suécia).

Fonte: Blabbermouth

Shawn fala sobre sua colaboração com o Hollywood Undead

January 30, 2013 in Banda, Shawn Crahan

Percussionista do Slipknot e apreciador em muitos talentos, Shawn “Clown” Crahan recentemente dirigiu um vídeo da banda Hollywood Undead. Ele contou sobre alguns fatos do clipe, como o de ter deixado pequenas ‘mensagens’ estrategicamente localizadas em alguns trechos.
Shawn ainda falou um pouco sobre o anúncio do Slipknot como um dos headliners do Download 2013. “Nós estamos em uma nova circunstância,” disse Clown sobre a decisão da banda de se reunir para sua primeira aparição em Donington desde 2009. “Nós estamos em uma situação que nós nunca planejamos, que é a tragédia de perdermos nosso irmão, então nenhum de nós quer gravar um álbum agora – bem, eu só posso falar por mim mesmo, mas eu não quero entrar em um estúdio e não ver meu irmão. Não estou pronto pra isso. Eu não estou pronto para me comprometer com música e não ver ele lá, sabendo que ele era a maior parte da composição musical. Eu preciso de um pouco mais de tempo.”
Crahan ainda completou, “Eu acho que é memorável que nossos fãs vão vir e gostar disso sem nós mesmos apoiarmos um novo álbum. Isso só prova o quanto nós somos uma cultura, e isso é muito lisonjeador. Eu não posso descrever o quão abençoados nós somos por termos os fãs que nós temos. É tudo por eles e por nós, e isso é apenas mais um passo para chegar ao próximo passo, que será um novo álbum.”

Próximo álbum do Slipknot será um tributo a Paul Gray

January 30, 2013 in Banda, Corey Taylor, Paul Gray

Corey Taylor falou conosco ao telefone esta semana para promover o show de sua banda como co-headliner com o Papa Roach no Ballroom Eagles, na sexta-feira, mas a conversa acabou se voltando para sua outra banda, o Slipknot e como está se saindo após a morte do baixista e compositor Paul Gray em 2010.

“Ainda há resistência quando se trata de ir para o estúdio com o Slipknot“, disse Taylor. “A próxima vez que entrarmos em estúdio com o Slipknot será muito mais emocional…. Vamos contar a história de nosso irmão Paul“.

“Para nós sobrevivermos como uma família e como uma banda… Nós realmente precisamos falar a nossa paz. Eu estou encorajando todos no Slipknot a escreverem coisas (sobre o Paul): um pensamento, poema, história, etc. Nós vamos juntar tudo e adaptar a qualquer música que nós finalmente chegarmos a fazer”.

“Nós ainda estamos muito tristes. Nós ainda sentimos falta do nosso irmão.”

Nos últimos meses, o Corey tem se mantido ocupado principalmente com o Stone Sour, – a primeira parte de um álbum ambicioso de duas partes, o “House of Gold & Bones”, saiu no ano passado, com a próxima parte, bem como a primeira edição dos quadrinhos da série que Corey escreveu, serão lançados em abril. Mas o Slipknot não está completamente dormente. A banda tem quatro shows no exterior previstos para 2013 e entrevistas anteriores sugeriram que o Slipknot pode entrar em estúdio este ano.

Fonte: Milwaukee Journal Sentinel