James Root sobre o Slipknot: “Esta banda é uma anomalia”

October 1, 2014 in .5: The Gray Chapter, All Hope is Gone, Banda, Corey Taylor, Donnie Steele, Iowa, James Root, Joey Jordison, Knotfest 2014, Paul Gray, Shawn Crahan, Slipknot, Slipknot 2014, Soundwave 2015, Stone Sour, The Devil In I, The Negative One, Vol. 3: (The Subliminal Verses)

james

Existe muita pressão quando você é de uma das maiores bandas do mundo, com legiões de seguidores esperando ansiosamente pelo seu próximo lançamento. Mas quando está prestes a embarcar no primeiro ciclo sem dois elementos-chave, esta pressão se multiplica. É o caso do Slipknot.

Apesar das pressões gêmeas de trazer dois novos integrantes numa locomotiva que opera por quase duas décadas e também honrar o amado falecido baixista, o guitarrista James Root lembra de como a produção de .5: The Gray Chapter foi algo catártico e terapêutico.

Read the rest of this entry →

Corey Taylor: “Estamos usando a internet como ferramenta para criar empolgação em torno do novo disco”

September 16, 2014 in .5: The Gray Chapter, Banda, Corey Taylor, The Negative One

corey-taylor-new-mask-2014-530x298

O Slipknot soube utilizar a internet para criar uma atmosfera de empolgação e ansiedade para o lançamento do esperado quinto disco .5: The Gray Chapter. A opinião é do vocalista Corey Taylor, que considera este processo uma arte perdida e utilizada corretamente por poucos artistas.

Em entrevista recente a Mistress Carrie da rádio WAAF, Taylor foi perguntado sobre se promover o trabalho dos mascarados virou uma tarefa mais divertida após as redes sociais terem revolucionado a maneira com a qual as pessoas se comunicam, colaboram, recebem informações e compartilham notícias – numa escala muito maior do que na época do surgimento da banda durante anos 90. “Acredito que é a mesma abordagem com ferramentas diferentes. Naquela época, a internet era basicamente boca a boca. É assim que esta banda começou, assim que construímos nosso alicerce – foi no nível das ruas, do boca a boca e pessoas falando sobre nós. A internet realmente é isso. Além de termos aprendido a usar todas estas ferramentas com o passar dos anos, conseguimos ter este enfoque old-school com a mística e a antecipação de soltarmos algumas coisinhas aqui e ali para construir esta empolgação, coisa que pra mim é uma arte perdida”, contou o vocalista.

Read the rest of this entry →

Corey Taylor: “O novo álbum do Slipknot será gravado em 2015”

February 8, 2013 in Banda, Corey Taylor, Novo álbum 2013

Corey deu uma entrevista a Pulse of The Radio durante a turnê do Stone Sour e falou sobre o próximo álbum do Slipknot:

“Quero começar a montar as demos no fim de 2014 para entrar em estúdio em 2015 e começar a gravar o álbum, então vai demorar um pouco”.

Ele também comentou sobre os 5 festivais internacionais que a banda vai fazer esse ano e que alguns integrantes da banda estão tentando “se manter saudáveis”, mas não deu mais detalhes sobre isso.

A banda toca no Download Festival no Reino Unido (Headliners junto com Rammstein e Iron Maiden), além do Graspop Metal Meeting (Bélgica), Roskilde Festival (Dinamarca), Ozzfest Japão e Metal Town (Suécia).

Fonte: Blabbermouth

Shawn fala sobre sua colaboração com o Hollywood Undead

January 30, 2013 in Banda, Shawn Crahan

Percussionista do Slipknot e apreciador em muitos talentos, Shawn “Clown” Crahan recentemente dirigiu um vídeo da banda Hollywood Undead. Ele contou sobre alguns fatos do clipe, como o de ter deixado pequenas ‘mensagens’ estrategicamente localizadas em alguns trechos.
Shawn ainda falou um pouco sobre o anúncio do Slipknot como um dos headliners do Download 2013. “Nós estamos em uma nova circunstância,” disse Clown sobre a decisão da banda de se reunir para sua primeira aparição em Donington desde 2009. “Nós estamos em uma situação que nós nunca planejamos, que é a tragédia de perdermos nosso irmão, então nenhum de nós quer gravar um álbum agora – bem, eu só posso falar por mim mesmo, mas eu não quero entrar em um estúdio e não ver meu irmão. Não estou pronto pra isso. Eu não estou pronto para me comprometer com música e não ver ele lá, sabendo que ele era a maior parte da composição musical. Eu preciso de um pouco mais de tempo.”
Crahan ainda completou, “Eu acho que é memorável que nossos fãs vão vir e gostar disso sem nós mesmos apoiarmos um novo álbum. Isso só prova o quanto nós somos uma cultura, e isso é muito lisonjeador. Eu não posso descrever o quão abençoados nós somos por termos os fãs que nós temos. É tudo por eles e por nós, e isso é apenas mais um passo para chegar ao próximo passo, que será um novo álbum.”

Próximo álbum do Slipknot será um tributo a Paul Gray

January 30, 2013 in Banda, Corey Taylor, Paul Gray

Corey Taylor falou conosco ao telefone esta semana para promover o show de sua banda como co-headliner com o Papa Roach no Ballroom Eagles, na sexta-feira, mas a conversa acabou se voltando para sua outra banda, o Slipknot e como está se saindo após a morte do baixista e compositor Paul Gray em 2010.

“Ainda há resistência quando se trata de ir para o estúdio com o Slipknot“, disse Taylor. “A próxima vez que entrarmos em estúdio com o Slipknot será muito mais emocional…. Vamos contar a história de nosso irmão Paul“.

“Para nós sobrevivermos como uma família e como uma banda… Nós realmente precisamos falar a nossa paz. Eu estou encorajando todos no Slipknot a escreverem coisas (sobre o Paul): um pensamento, poema, história, etc. Nós vamos juntar tudo e adaptar a qualquer música que nós finalmente chegarmos a fazer”.

“Nós ainda estamos muito tristes. Nós ainda sentimos falta do nosso irmão.”

Nos últimos meses, o Corey tem se mantido ocupado principalmente com o Stone Sour, – a primeira parte de um álbum ambicioso de duas partes, o “House of Gold & Bones”, saiu no ano passado, com a próxima parte, bem como a primeira edição dos quadrinhos da série que Corey escreveu, serão lançados em abril. Mas o Slipknot não está completamente dormente. A banda tem quatro shows no exterior previstos para 2013 e entrevistas anteriores sugeriram que o Slipknot pode entrar em estúdio este ano.

Fonte: Milwaukee Journal Sentinel

Revolver Golden Gods Awards: votações abertas.

January 30, 2013 in Corey Taylor, Stone Sour


Estão abertas as votações para o Revolver Golden Gods Awards desse ano.  A premiação acontece em maio e o Slipknot/Stone Sour concorrem nas seguintes categorias:

[VOTE] Melhor Baterista – Roy Mayorga (Stone Sour)

[VOTE] Melhor Vocalista – Corey Taylor (Slipknot/Stone Sour)

[VOTE] Melhor Banda ao Vivo – Slipknot

[VOTE] Fãs mais dedicados – Slipknot

[VOTE] Álbum do ano – House of Gold and Bones Pt. 1 (Stone Sour)

Shawn Crahan fala sobre novo álbum do Slipknot

January 13, 2013 in Banda, Novo álbum 2013, Paul Gray, Shawn Crahan

Durante os bastidores da gravação do clipe da banda Hollywood Undead, dirigido por Shawn, ele falou sobre o próximo álbum do Slipknot, o primeiro sem Paul Gray:

“Estamos uma nova situação agora… Bem, eu só posso falar por mim mesmo, não quero entrar em estúdio agora e não ver meu irmão [Paul]. Eu não estou pronto para isso. Preciso de um pouco mais de tempo.” – disse Crahan.

O percussionista completou: “Eu preciso ir lá e pensar: ‘O que Paul faria?’” – Vamos representá-lo como banda, temos que pensar o que ele faria se estivesse lá. Então precisamos de um pouco mais de tempo. O bom é que estamos um pouco mais velhos agora e todo mundo sabe o que os outros estão fazendo.”

Shawn ainda citou James Root e Corey Taylor e o Stone Sour: “Jim e Corey trabalham nos novos álbuns do Stone Sour e estão dispostos a fazer um show com o Slipknot [a banda se apresenta no Download Festival 2013]… Isso é amor. Isso mostra respeito por eles mesmos e pela banda [Slipknot]. Nós somos uma família e estamos fazendo o que é melhor para nós neste momento.”

Fonte: RockNoize

Entrevista: Corey Taylor para a Billboard

December 22, 2012 in Banda, Corey Taylor, Stone Sour

Foto: Adam Bettcher, Getty Images

Sim, nós nem viramos o calendário para 2013 ainda, mas Corey Taylor está pensando tão à frente que diz que 2014 poderá ser um ano ainda maior para o Stone Sour,que está imediatamente no horizonte.

O vocalista conta à Billbord que tem grandes planos para quando as duas partes de seu ‘House of Gold & Bones’ forem lançadas. O cantor diz, “Não no ano que vem, mas em 2014, estamos planejando e traçando uma turnê mundial muito especial, onde faremos duas noites em um só lugar. Vamos tocar o Part. 1 de cima pra baixo e, na próxima noite, Part. 2 de cima pra baixo, envolvendo um palco muito elaborado que nós estamos preparando agora. E, uma vez que apenas fazer isso, nós vamos filmar tudo e tentar reunir em um DVD bem abrangente.”

Além da turnê, Taylor diz que ainda tem em mente fazer um filme de duas partes baseado nos conceitos dos álbuns. Ele acrescenta, “Eu sei as pessoas que quero colocar no elenco. Espero que consiga fazer acontecer. Não há limite para o que podemos fazer com isso, então eu estou muito empolgado.”

Taylor também revela que o Stone Sour vai começar a promover ‘House of Gold & Bones, Pt. 2’ muito em breve, e seu próximo single será a faixa ‘Do Me a Favor’ do mesmo álbum. Ele afirma que depois que ‘Do Me a Favor’ chegar, a banda pode alternar o lançamentos de singles entre os dois álbuns.

Como se isso não fosse o suficiente, o Stone Sour está dentro do cronograma para lançar seu romance em quatro partes que virá logo após a data de lançamento de ‘House of Gold & Bones, Pt. 2’.

Além disso, a banda irá passar boa parte de 2013 na estrada, e já têm datas na América do Norte juntamente com o Papa Roach logo no começo do ano.

Taylor também separou um tempo para dirigir sua outra banda, o Slipknot, que está escalado para tocar em quatro shows ano que vem, incluindo a Ozzfest Japan e o Download Festival. A respeito do novo álbum do Slipknot, Taylor diz, “Nós estamos jogando demos uns para os outros. Uma vez que todos nós estejamos felizes com a visão do que o álbum pode ser, será quando nós vamos nos reunir. Eu acho que a pior coisa que podemos fazer como uma banda, e nós somos diferentes de outras bandas, a pior coisa seria ir em frente e fazer algo que seja forçado, porque os fãs irão perceber isso claramente, e nós nunca faremos isso. Então, pra mim, faz mais sentido meio que deixar o álbum vir até nós.”

Fonte: Loudwire