Corey Taylor diz que novo álbum está “98 porcento pronto”.

July 3, 2014 in Corey Taylor, Slipknot 2014 by WesleyLPBR

Em entrevista para a Full Metal Jackie em seu programa “Loudwire’s Nights”, Corey Taylor revelou que o Slipknot está muito próximo de concluir seu novo álbum. Confira:

“O álbum está pronto,” ele disse. “Eu devo dizer 98 porcento pronto. Estou no processo de ir ao estúdio e ouvir, ver se tem algo pra dar um toque. Mas sim, está bem próximo. O próximo passo é a mixagem, e nós tentaremos lançá-lo muito em breve. Terão alguns grandes anúncios em breve.”

Fonte: Revolver Magazine

by Hannya

‘Vol. 3: (The Subliminal Verses)’ é o 2º melhor álbum de metal de 2004 segundo a Loudwire

June 10, 2014 in Banda, Iowa, Slipknot, Slipknot 2014, Vol. 3 by Hannya

Slipknot-Vol.-3-The-Subliminal-Verses-2004

Em meados da década de 2000, o heavy metal comçou a alcançar diferentes escalas com o nu-metal começando a desaparecer e uma nova safra de bandas estavam prontas para o palco global. Em 2004, vimos uma enorme explosão que mais uma vez balançou a comunidade metal quando o metalcore tornou-se a arma de escolha para muitos fãs de metal extremo. Novas bandas surgiram e, ao mesmo tempo, o underground ainda estava produzindo todos os tipos de estilos diferentes, enquanto algumas lendas ressurgiram com seu melhor álbum em muito tempo. 2004 foi um bom ano para qualquer metalhead. Em um dos anos mais explosivos da década, a Loudwire listou os 10 melhores álbuns de metal e o Slipknot abocanhou a honrosa segunda posição com o Vol. 3: (The Subliminal Verses).

“Em 2004, o Slipknot conquistou o seu momento com o álbum Vol. 3: (The Subliminal Verses), depois do seu álbum de enorme sucesso ‘Iowa’. Com seis singles, o álbum viu a banda expandir seu som, incorporando mais vocais melódicos e limpos de Corey Taylor para combater a agressão pura. Apenas um par de hits aqui incluem “Before I Forget”, “Vermillion” e “Duality”. As letras mergulhoram mais fundo na mente perturbada de Corey, usando o Slipknot como um veículo para colocar tudo para fora.”

 

Fonte: Loudwire

by Juliano

Corey Taylor sobre a nova fase do Slipknot: “Nós meio que nos tornamos esses anti-Twitter, anti-Facebook, anti-Instagram e anti-tudo.”

June 4, 2014 in All Hope is Gone, Banda, Corey Taylor, Iowa, James Root, Joey Jordison, Knotfest, Self Titled, Slipknot 2014, Stone Sour, Vol. 3 by Juliano

stone_sour_corey_taylor_524

 

No final do mês de maio, a Ultimate Guitar entrevistou o vocalista do Slipknot e Stone Sour, Corey Taylor, onde ele falou sobre Dio; as gravações dos álbuns das duas bandas; sobre o novo álbum dos mascarados; Knotfest; e outras coisas. Confiram a entrevista na íntegra.

A primeira coisa que Corey Taylor diz que quando a conversa começa é: “Ei, eu estou bem. Está tudo bem. Eu adoro a ironia de dar uma entrevista ao Ultimate-Guitar, hahaha”. Minha resposta é que a UG cobre cantores, tecladistas e bateristas. Corey responde, dizendo: “Eu sou um pouco de todos, hahaha. Estou abraçando tudo isso.” É uma declaração reveladora do cantor do Stone Sour e Slipknot, porque Corey não é apenas o vocalista dessas duas bandas, mas um promotor de concertos – o Knotfest é sua criação – e romancista. Mas ele é, obviamente, mais conhecido como cantor e a conversa começa falando sobre outro vocalista lendário que desempenhou um papel importante na vida de Corey como um artista.

UG: Quais são as suas lembranças sobre o primeiro encontro com Ronnie James Dio?

CT: Nós nos encontramos algumas vezes, de passagem, mas não era nada de importante. O tempo real que eu o conheci e realmente comecei a sair com ele foi um pouco antes dele morrer. Nós dois estávamos na premiação da Revolver Golden God em Los Angeles. E nós dois disputávamos para Melhor Vocalista. Provavelmente foi a única vez que eu estava torcendo para alguém ganhar, porque eu tinha acabado de me tornar um grande fã de Ronnie para sempre. Então, eu estava tipo, “Oh cara, ele vai me detonar. O quê? Você está louco?”

 

Read the rest of this entry →

by Juliano

Corey Taylor e as mudanças de formação no Slipknot: “Nem toda grande banda consegue continuar com as mesmas pessoas”

May 29, 2014 in All Hope is Gone, Banda, Corey Taylor, Iowa, James Root, Joey Jordison, Paul Gray, Shawn Crahan, Slipknot 2014, Vol. 3 by Juliano

coreytaylorsolo2013new2_638

O Slipknot está atualmente trabalhando em seu primeiro álbum desde o All Hope Is Gone, de 2008, e o primeiro também desde a morte do baixista Paul Gray e da saída do baterista Joey Jordison, um dos membros fundadores e principais compositores.

Perguntando pelo Ultimate-Guitar.com se ele se sente diferente sem Paul lá, o vocalista da banda disse: “Digo, sempre vai ser diferente e nada nunca mais será o mesmo. É o melhor jeito de dizer isso, para ser honesto. Mas tudo que podemos fazer é o que a gente já faz. A maneira que vejo isso é que nem todo grande time de futebol permanece junto e nem toda grande banda pode continuar com as mesmas pessoas. É uma forma bonita de eu dizer que não posso simplesmente olhar para ele estando morto, o que parte meu coração. Eu tenho que olhar como: ‘Uma de nossas mais importantes peças se foi – como vamos lidar com isso? ’ Então, basicamente estamos unindo nossos talentos para preencher esse vazio que ficou.”

Sem surpresa, Taylor estava menos animado para falar sobre a saída de Joey Jordison, que publicou um pronunciamento oficial em sua página do Facebook, no mês de janeiro, dizendo que não deixou a banda.

“Sobre isso, é algo um pouco mais difícil de comentar”, disse Corey. “Honestamente, eu não posso legalmente falar sobre isso. É tudo que posso dizer sobre a situação.”

Sobre o fato de que o guitarrista Jim Root ficou responsável de ter que assumir grande parte das composições para o próximo álbum da banda, Taylor disse: “Deixe-me dizer algo sobre Jim Root – ele é um dos melhores compositores com quem já tive o privilégio de trabalhar. As coisas que ele nos apresenta? Ele é insano!”

Corey recentemente descreveu a direção musical do novo material do Slipknot como “uma grande mistura entre o IOWA e o Vol. 3.” Ele explicou: “A gente tem as melodias gostosas e a direção artística do Vol. 3 e a absoluta brutalidade do IOWA. E eu acho que as pessoas vão enlouquecer quando ouvirem.”

Taylor disse em uma entrevista para o Front Row Live Entertainment no dia 12 de maio que o primeiro álbum do Slipknot em seis anos está “vindo”, acrescentando: “Pra ser exato, deixei o estúdio para vir até aqui. Então, é uma questão de tempo, acredite em mim. Será ótimo. Tudo está sendo exatamente como precisa ser. Vai ser realmente incrível.”.

Mesmo com o último álbum do Slipknot, All Hope Is Gone, tendo saído em 2008, Taylor disse: “O bom é que estamos sempre escrevendo, por isso há uma tonelada de coisas que estavam preparadas. É exatamente o que você quer que ele seja. ”

O percussionista da banda Shawn “Clown” Crahan contou ao The Pulse Of Radio um tempo atrás que tem grandes expectativas para o próximo álbum da banda. “Esse álbum será, prevejo, uma das coisas mais sérias que jamais compreendemos que já fizemos em nossa vida”, disse ele. “E nós praticamente dizemos isso em todas as gravações, mas eu realmente sinto que quando chegar a hora, o que estará à mão será algo quase inimaginável.”

Existem rumores do Slipknot ter recrutado o baterista Jay Weinberg para tocar no novo álbum. Weinberg é filho de Max Weinberg, baterista de longa data de Bruce Springsteen And The E Street Band.

Fonte: Blabbermouth

 

by Hannya

Corey Taylor sobre o novo álbum do Slipknot: “As pessoas vão enlouquecer quando ouvirem”

May 27, 2014 in Banda by Hannya

coreytaylormusicares2014_2_638

Embora o mundo de Corey Taylor esteja um pouco tumultuado ultimamente com vários membros-chave da banda saindo do Slipknot e do Stone Sour, o vocalista tem algumas notícias boas para compartilhar com todos.

Em uma nova entrevista, Corey dá uma atualização sobre o próximo álbum do Slipknot, alegando que os fãs ” vão enlouquecer ” depois de ouvi-lo.

O futuro do Slipknot se tornou questionável , uma vez que foi revelado que o baterista de longa data, Joey Jordison, já não era mais um membro. No entanto, isto não fez o Slipknot afundar. Na verdade, o próximo álbum do Slipknot está começando a tomar forma.

“Posso dizer que, neste momento, agora, se parece com uma grande mistura de ‘Iowa’ e ‘Vol. 3 (The Subliminal Verses)” – Corey Taylor diz ao Pop Culture Madness. “Você tem as melodias belíssimas e a direção artística de “Vol. 3′ e em seguida, você tem a brutalidade absoluta de ‘Iowa’. E eu acho que as pessoas vão enlouquecer quando o ouvirem isso.”

Corey também falou com o Front Row Live Entertainment sobre a progressão do álbum: “É uma questão de tempo, acredite. Vai ser sensacional … Tudo está indo exatamente como precisa ser. Então isso vai ser realmente incrível”.

Sobre outras notícias a respeito do Slipknot, mais bandas foram adicionados ao Knotfest Japão em novembro. Foi revelado que Lamb of God, In Flames + Five Finger Death Punch e Trivium vai tocar no evento de dois dias, que já dispõe também de Slipknot, Limp Bizkit e Korn.

Fonte: Blabbermouth

by Juliano

Paul Gray: Brenna fala de seu marido e lembra os momentos difíceis da vida do músico

May 27, 2014 in Banda, Paul Gray by Juliano

paul-gray2

Há quatro anos, no dia 24 de maio de 2010, o baixista do Slipknot, Paul Gray, veio a falecer. Em sua memória, a viúva Brenna Gray concedeu a primeira entrevista desde a morte do músico para revista Revolver na edição especial “Fallen Heroes” (Heróis Caídos) de Janeiro/Fevereiro de 2011. Ela tinha tantas histórias ótimas sobre o marido, mas não pudemos encaixá-las todas na publicação. Assim, com o mais profundo respeito, desfrute abaixo algumas das memórias mais sinceras de Brenna sobre Paul.

 

REVOLVER – Como você conheceu Paul?

BRENNA GRAY – Nós nos conhecemos através de um amigo em comum. Ele estava trabalhando com uma banda chamada Reggie and the Full Effect. Ele estava compondo com eles. E eu costumava trabalhar para a banda e também sair em turnê com eles. James, o cantor, era um grande amigo de Paul e meu. E ele nos apresentou um para o outro. Eu estava me preparando para sair de minha casa em North Hollywood e precisava de um lugar para morar. Paul estava se preparando para voltar para Iowa, e precisava alugar o lugar. E eu disse: “Cara, eu  fico com o lugar.” Porque o aluguel dele era o mesmo que o meu, e ele nunca voltou para Iowa. Ele nunca saiu de lá. [Risos]

Read the rest of this entry →

Confirmado: James Root está fora do Stone Sour

May 20, 2014 in Corey Taylor, James Root by Natália

Após responder a um fã em seu instagram ontem, dia 19, Jim confirmou que não faz mais parte do Stone Sour e deixou claro que não foi sua decisão.
Algumas horas depois, Corey se pronunciou em seu twitter e ainda falou sobre o novo álbum do Slipknot:

10307417_716376498401090_4711220027966100494_n

10290706_716376541734419_3562956016685926461_n

“Como vocês já devem ter ouvido, o Stone Sour e o James Root decidiram se separar. Queríamos esperar até o fim do novo álbum do Slipknot, mas de acordo com os acontecimentos recentes decidimos confirmar a informação e seguir em frente. Achamos que isso é o melhor para ambas a bandas e esperamos que isso reflita nos dias que vem pela frente. Daremos mais informações quando chegar a hora.

Eu e  Jim ainda estamos trabalhando juntos com o Slipknot e o novo álbum está quase pronto.”

Corey fala sobre o novo álbum do Slipknot

May 16, 2014 in Banda by Natália

Corey esteve no Map Fund semana passada e foi perguntado sobre o novo álbum.
Confira a resposta com as legendas da galera do Slipknot – Videos:

Página 10 de 51« Primeira...89101112203040...Última »