Corey sobre saída de James do Stone Sour: “Eu só quero que ele seja feliz”

December 4, 2014 in Corey Taylor, James Root, Stone Sour by Felipe Maia

Foto: Tess Donohoe

Foto: Tess Donohoe

James Root deixou o Stone Sour há praticamente um ano, mas continua sendo assunto em entrevistas. Depois do guitarrista comparar a demissão a sair de um navio afundando e ressaltar não ter problemas com Corey Taylor, chegou a vez do vocalista falar sobre a saída. “Foi embaraçoso no começo”, disse em entrevista à Loaded Radio. “Mas quanto mais conversamos e passamos tempo juntos, vimos o sucesso do álbum florescer, tiramos muita da pressão. Acho que isto ajudou ele a ver que foi a decisão certa”, continuou o frontman.

Segundo a voz de ambas a bandas, James parece estar muito mais feliz no Slipknot – e esta é uma das razões pelas quais o tempo dele no Stone Sour precisou chegar ao fim. “Com todo o respeito ao Jim, eu só quero que ele seja feliz e há um bom tempo não parecia que ele estava sendo. E realmente fez muito sentido tejtar cortar essas… Fazer o necessário para garantir que ambas as bandas pudessem existir”, continuou.

Read the rest of this entry →

Slipknot sem máscaras? Corey acredita que nunca acontecerá

December 1, 2014 in Banda, Corey Taylor by Felipe Maia

10433113_797425996991661_3165647143260838909_n

O Slipknot poderia um dia tocar sem máscaras? Corey Taylor não acredita nesta possibilidade. Em entrevista a Jesse Modz da rádio canadense 97.7 HTZ-FM, o vocalista foi perguntado sobre o assunto e até fez um paralelo com o Kiss para explicar por que esta apresentação com visual diferente não deve acontecer. Em baixa e precisando recuperar o prestígio, a banda de Gene Simmons e Paul Stanley optou por abandonar a maquiagem e aparência de histórias em quadrinhos para se tornar uma banda mais convencional. “Sei porque eles fizeram isso, afinal eles atingiram a parede e era a hora de evoluir para eles”, explicou.

Não é o caso dos mascarados do Iowa – afinal, segundo ele, a aparência deles está em constante evolução. “Como estamos constantemente mudando, não sentimos a pressão de tirá-las porque nos permitimos a andar com os tempos e mudá-las com os discos. Então mesmo se pudermos, não acredito que faremos já que não é só sobre as máscaras, mas sim sobre tudo”, continuou.

Read the rest of this entry →

Corey: “Vencer o Grammy não significa nada”

November 21, 2014 in Banda, Corey Taylor, Premiações by Felipe Maia

coreytaylorsolo2013new2_638

Vencer o Grammy não significa nada. Pelo menos é a opinião de Corey Taylor. Em entrevista ao podcast Nerdist, o vocalista do Slipknot detonou a premiação.”É como tentar acertar uma porra de agulha com outra agulha. Você tem uma categoria para metal e uma básica para rock – e bandas como Fun ganhando. E eu digo ‘Sério mesmo? Me mostre no boneco onde isso é uma banda de rock'”, ironizou. Para ele, o processo de votação é tão estranho que deve ser decidido jogando dardos.

Indicado sete vezes, o Slipknot venceu somente uma – em 2006, Before I Forget os deu o prêmio de melhor performance de metal. Corey chegou a vencer na mesma categoria três vezes com Get Inside e Inhale e 30/30-150, todas do Stone Sour. Mesmo assim, o vocalista não vê muita credibilidade nestas premiações – votadas por pessoas velhas. “Estou convencido que só ganhamos porque um velho disse ‘Slipknot! Li um artigo sobre eles. Estão por aí. Toma seu prêmio, as crianças ficarão felizes'”, satirizou.

Read the rest of this entry →

“Você virá aqui, filmar e não aproveitar? Saia daqui!”, diz Corey sobre celular em shows

November 21, 2014 in Banda, Corey Taylor by Felipe Maia

COREY-TAYLOR-2014-MASK

Você usa o celular enquanto está em shows? Cuidado: Corey Taylor não aprova isto. Em entrevista à rádio WRIF, o vocalista do Slipknot fez críticas fortes às pessoas que não tiram os olhos do aparelho eletrônico. “Você virá aqui, filmar e não aproveitar? Quero dizer, saia daqui! Você está falando sério?”, disse o músico.

Não pense que este comportamento só faz com que Taylor se irrite. Perguntado sobre a frequência com a qual ele vê pessoas com o telefone na mão durante as apresentações da banda, ele contou a história de uma fã que não estava sendo discreta ao filmar. “Eu esvaziei quatro garrafas de água nela e deve ter quebrado o celular. Ela ficou emburrada pelo resto da noite e eu disse ‘Ei, isto é um show. Preste atenção ou não esteja aqui'”, confidenciou.

Read the rest of this entry →

Corey anuncia o lançamento do livro ‘You’re Making Me Hate You’

November 17, 2014 in Corey Taylor, Livros by Felipe Maia

Corey-Taylor1

Foto: Michael N. Todaro da Getty Images

Corey Taylor realmente pegou gosto pela literatura. Depois de Seven Deadly Sins e A Funny Thing Happened on the Way to Heaven, o vocalista do Slipknot publicará seu terceiro livro: You’re Making Me Hate You. O lançamento está marcado para 30 de junho de 2015 e será pela De Capo Press, editora responsável pelos dois anteriores. Confira a sinopse oficial:

“Seguindo a tradição do grande George Carlin, o autor best seller do Ney York Times e vocalista das bandas Slipknot e Stone Sour, Corey Taylor, critica de maneira hilária as excentricidades da vida moderna que o irritam. Seja o comportamento grosseiro das pessoas nos restaurantes e shoppings ou as muitas injúrias das viagens aéreas, escolhas de moda queimadoras de olhos, motoristas perigosamente incompetentes e – mais do que tudo – o lamentável estado de muita música moderna. O humor e discernimento de Taylor cobrem o aparente declínio da sociedade civil – não poupando ninguém no caminho, muito menos ele mesmo. Sem nenhuma restrição e entregue na voz inimitável de Taylor, You’re Making Me Hate You é uma crítica catártica ao mundo estranho no qual nos encontramos”

Read the rest of this entry →

Corey: “Hoje é mais sobre fazer com que as pessoas ouçam as músicas”

November 13, 2014 in .5: The Gray Chapter, Banda, Corey Taylor by Felipe Maia

Slipknot Performs in Denver

Nenhum artista vendeu um milhão de discos nos primeiros nove meses deste ano. Como isto pode se relacionar às recentes declarações de Gene Simmons sobre o rock está morto? Depois de rebater a afirmação do baixista do Kiss, Corey Taylor voltou a falar sobre o assunto. Em entrevista a Lisa Sanchez da rádio KLAQ e ao ouvinte Christopher Schoemann, o vocalista do Slipknot disse que estes números não provam em nada a tese do veterano.

“As pessoas se focam demais em números de vendas. Isso não se relaciona a quanta gente ouviu. Entende o que estou falando? E nestes dias é mais sobre fazer com que as pessoas ouçam as músicas”, disse. Corey ainda ressaltou o bom desempenho da banda na internet – os dois dias do Knotfest foram assistidos ao vivo por três milhões de pessoas e os clipes de The Negative One e The Devil In I já atingiram os sete dígitos. “Você não ganha prêmios por isso. Então, para mim, o que fizemos foi ótimo”, contou.

Read the rest of this entry →

Corey sobre ‘morte’ do rock: “Há um refluxo, mas definitivamente está voltando”

November 13, 2014 in .5: The Gray Chapter, Banda, Corey Taylor by Felipe Maia

coreytaylorlarry2014_638

Gene Simmons defende o triste  fato de que o rock finalmente está morto, mas Corey Taylor é mais um artista a discordar do baixista do Kiss. Em entrevista a Tina Smash da rádio Rock 105.5, o vocalista do Slipknot voltou a defender a manutenção do estilo como algo firme e forte. “Eu disse recentemente que o rock e o metal não estão mortos – eles estão esperando pra matar você. Realmente quero dizer isso. É como fluxo e refluxo. Acontece isso a cada dez ou quinze anos. Há um refluxo, mas definitivamente está voltando”, explicou.

Mesmo discordando do veterano, Taylor não faz críticas a ele – afinal, o óbito se trata de outra coisa. “Nada contra o Gene. Eu entendo o que ele estava tentando dizer. O estilo de fazer discos e músicas e divulgá-los por aí está morto. Mas você precisa aprender a utilizar a tecnologia, se erguer com os novos tempos e usar isso para sua vantagem”, atestou. Segundo o músico, não é mais possível seguir somente o ciclo de antigamente, no qual o artista gravava o disco e em seguida saía em turnê para divulgá-lo. “Há muito mais que entra nisso agora.”

Read the rest of this entry →

Slipknot: “Precisávamos de tempo para o luto”

November 12, 2014 in .5: The Gray Chapter, Banda, Corey Taylor, Goodbye, Joey Jordison, Paul Gray, Slipknot, Slipknot 2014 by Slipknot Brasil

10649082_381118058705106_3135756592890635079_o

Depois de uma pausa prolongada, a banda está de volta com seu primeiro disco em mais de meia década.

Durante a maior parte dos últimos 20 anos, Slipknot construiu seu nome no caos e na carnificina. Uma banda com uma reputação indiscutível para a destruição e escuridão nefasta, o coletivo de Iowa usou seus quatro álbuns anteriores para se tornar reconhecida como uma força musical a ser temida. Muito mais do que apenas mais um grupo de metal infringindo na consciência pública, eles foram chocantes, eles eram controversos e, às vezes, eles pareciam quase desumanos.

Foi há quatro anos, quando seu baixista Paul Gray faleceu e tudo mudou para a banda. Hiatos iam e viam, ameaçando acabar com o reinado do Slipknot, mas o grupo nunca teve que lidar com nada parecido com isso. Pela primeira vez, a banda teve que tirar as máscaras, e serem humanos aos olhos do público. Eles tiveram que aprender a se curar.

Read the rest of this entry →

Página 4 de 21« Primeira...23456...1020...Última »