Mick Thomson sobre o novo baterista: “Ele cresceu com a banda”

October 17, 2014 in .5: The Gray Chapter, Banda, James Root, Joey Jordison, Knotfest, Knotfest 2014, Mick Thomson, Prepare For Hell Tour, Soundwave 2015 by Slipknot Brasil

10719322_730979450316832_514797783_n - Cópia

O guitarrista do Slipknot, Mick Thomson, disse que o baterista substituto do membro fundador da banda, Joey Jordison, “cresceu com” a música da banda e “sabia todo o material” antes de entrar e se juntar ao grupo durante as sessões de composição do álbum .5: The Gray Chapter.

“Nós meio que sabíamos quem queríamos [que tocasse bateria no novo álbum] desde o início, e pegamos ele”, disse Mick , em entrevista para a revista Guitar World. “Sabíamos desde o começo que não íamos ter qualquer problema com ele. Nós tivemos sorte, eu acho. Ele sabia todo o [antigo] material. Ele cresceu com a banda. Isso fez com que as coisas ficassem mais fáceis.”

O Slipknot também tem um substituto para o falecido baixista Paul Gray, e que também não terá seu nome revelado. Ambos (baixista e baterista) estarão usando a mesma máscara genérica no palco.

Segundo Thomson, o fato de que todos os membros do Slipknot sempre se apresentaram mascarados, não torna a identidade dos novos baterista e baixista algo tão importante:

“Quero dizer, ninguém deveria saber sequer quem nós éramos”, explica Mick para a Guitar World. “Inicialmente, ninguém sabia quem diabos eu era. Passamos anos em total anonimato. Ao longo dos anos, fomos nos mostrando e todas essas coisas. Depois de um tempo, os fãs começaram a descobrir. Ou eles nos seguiam, ou tiravam uma foto. O que você pode fazer? Mas tivemos muito sucesso com isso, apesar de tudo.”

rootthomsonguitarworldoct2014cover

Também para a Guitar World, James Root se pronunciou dizendo que talvez a banda nunca venha a revelar a identidade do baterista, e que mesmo que as pessoas não tenham sombras de dúvida sobre a identidade dele, eles continuarão negando, provavelmente. “Mesmo se as pessoas descobrirem e não tiverem nenhuma dúvida de quem ele é, acho que sempre negaremos. Ele pode não durar ou tocar com a gente por um ano e perceber que somos todos insanos e não conseguir aguentar ficar perto de nós. Ou podemos tirá-lo. Quem sabe?” (leia matéria completa aqui)

Os novos integrantes da banda poderão ser vistos ao vivo, com máscaras, é claro, na segunda edição do Knotfest, a partir do dia 25 de outubro, data de retorno aos palcos dos mascarados de Iowa em seu festival, que acontece esse ano em São Bernardino, na Califórnia. Após, o Slipknot começa a turnê do The Gray Chapter com a Prepare For Hell Tour, acompanhados do Korn e do King810. Em novembro acontece a edição japonesa do Knotfest, nos dias 15 e 16, em Tóquio. Após, a banda termina o ano completando a turnê norte-americana do novo álbum. O início de  2015 marca o retorno da banda para o Reino Unido com a Prepare For Hell Tour, onde o Slipknot será acompanhado novamente pelo Korn. Enquanto que em fevereiro será a Austrália que presenciará o show caótico da banda no Soundwave Festival.

Fonte: Blabbermouth